Buscar
  • Ninas NJW

8 séries inclusivas que precisas de assistir!

Olá, olá, lindxs!


Hoje, as vossas Ninas, vêm sugerir-vos 8 séries feministas e LGBTQ-inclusive que abordam temas muito relevantes.

Cada vez mais, as produções de cinema têm se preocupado em trazer representatividade para os ecrãs, o que é extremamente importante e necessário para que cada vez mais todxs se sintam presentes e incluídas na sociedade. Todas as nossas histórias, experiências e vidas são válidas e é muito importante vermos diferentes realidades narradas nas séries e nos filmes.


1. Grand Army

Esta série juvenil aborda temas muito fortes mas bastante pertinentes no dias de hoje como a libertação sexual da mulher, a sexualização do corpo da mulher desde muito cedo e em contexto escolar e social, abuso sexual, consentimento, racismo, sair do armário, bullying.


2. We Are Who We Are

Esta série acompanha dois jovens e a sua amizade, na descoberta das suas identidades, na sua libertação e aceitação, enquanto vivem num ambiente rígido, de regras, e cheio de preconceitos.


3. Sex Education

Esta série juvenil é libertadora e feminista e pretende quebrar estigmas. Fala abertamente da sexualidade, do prazer feminino, do aborto, do descobrimento da sexualidade na adolescência, da sexualidade LGBT, da homofobia e assédio sexual.


4. Hollywood

A série acompanha um grupo de jovens aspirantes a atores e cineastas enquanto tentam vingar em Hollywood. A série pretende expor os preconceitos e a descriminação que assolaram Hollywood naquela e noutras décadas, com base no género, etnia ou orientação sexual, de forma a dar poder e força às mulheres, à comunidade negra e à comunidade LGBTQ.


5. The Handmaid's Tale

Quem nunca ouviu falar desta série? Retrata uma realidade hipotética mas não totalmente longínqua e surreal. Conseguimos fazer um paralelismo entre várias situações que surgem na série e o mundo real: a opressão feminina, os direitos das mulheres e o poder/liberdade de decisão sobre os nossos corpos.


6. Coisa Mais Linda

Esta série brasileira acompanha as vidas de quatro mulheres no fim dos anos 1950 e início de 1960. A série mostra a ascensão do movimento feminista. A liberdade sexual, a bissexualidade, a violência doméstica e os preconceitos raciais, até no movimento feminista, são também alguns dos temas representados da série.


7. The L Word: Geração Q

Esta série foca-se na comunidade Queer. A série The L World: Geração Q surge como continuação da série The L Word lançada em 2004 que acompanhava a vida de mulheres lésbicas, com a promessa de ser mais política e diversa. The L Word é até hoje a única série feita para lésbicas.


8- Sense8

Conta a história de 8 desconhecidos que podem sentir, ouvir, ver, tocar e fazer tudo que o outro faz, e por esse motivo todas as personagens são pansexuais. Além disso a narrativa conta também com temas como bullying, machismo, homofobia, racismo, e outros temas extremamente importantes.


Já viste algumas destas séries? Partilha a tua opinião connosco, através do blog ou das redes, sobre as sérias acima e propõe outras séries que promovam a inclusividade, a aceitação, a tolerância e celebrem a diversidade e as nossas diferenças. Queremos muito saber!


Com amor,


As vossas Ninas


Pretendemos que a Ninas seja um espaço seguro de partilha e aprendizagem. Se tens algo a partilhar connosco ou se precisas de ajuda, fica sabendo que podes, seja através das mensagens privadas nas nossas redes sociais ou através no nosso email para o efeito. Estamos juntxs.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo